Saiba quais são as 5 áreas que mais contratam seguranças e como ser escolhido

O mercado de trabalho para vigilantes segue sem sentir os efeitos da crise. Muito pelo contrário, cresce a cada dia e é uma ótima oportunidade para quem deseja se capacitar num prazo relativamente curto. No Brasil, as áreas que mais contratam segurança são os bancos, aeroportos e empresas de diversos segmentos.

Os profissionais podem atuar em áreas distintas, como nas funções de segurança de transporte de valores, escolta armada, segurança pessoal e segurança de grandes eventos.

Mas como ser um profissional de segurança? Separamos tudo o que você precisa saber e ainda 5 áreas que mais contratam seguranças no Brasil. Acompanhe!

Como me capacitar para ser um segurança?

Para quem deseja investir nessa carreira promissora, o primeiro passo é frequentar um curso de Formação de Vigilantes em uma escola de formação reconhecida pelo mercado. O curso é imprescindível para assumir a função porque é a base para todos os profissionais de segurança. Os cursos de Formação de Vigilantes têm duração de 200 horas/aula e pode ser feito em 20 dias no horário intensivo.

Para fazer a inscrição no curso é necessário ter nascido no Brasil, ser maior de 21 anos, ter grau de instrução mínimo de 4° série do ensino fundamental, não ter antecedentes criminais, estar em dia com as obrigações militares e eleitorais, além de apresentar exames médico e psicotécnico que comprovem aptidão física e mental. Além disso,podem fazer o curso de formação de vigilantes tanto homens quanto para mulheres.

Quais as aptidões necessárias para fazer o curso?

Do profissional de segurança é esperado que ele seja uma pessoa tranquila, equilibrada, comprometida, pontual, assídua e honesta. Além disso, precisa transmitir respeito e seriedade e, por isso, o uso do uniforme de forma adequada é um item de fundamental importância.

No curso de formação de vigilantes será ensinado as habilidades, técnicas e atitudes para que o aluno esteja capacitado para assegurar a integridade do patrimônio e a segurança das pessoas.

Quais assuntos são estudados no curso?

Fazem parte do conteúdo programático do curso de formação de vigilantes:

  • noções de segurança privada;
  • defesa pessoal;
  • crime organizado;
  • prevenção e combate a incêndio;
  • primeiros socorros;
  • relações humanas no trabalho;
  • direitos humanos;
  • armamento e tiro;
  • sistema de segurança pública;
  • vigilância;
  • noções de segurança eletrônica;
  • gerenciamento de crises, entre outros assuntos.

Quer saber mais sobre a carreira de segurança? Então continue a leitura!

Como é a carreira de segurança?

Quem faz o curso de vigilante pode se especializar e atuar em áreas como segurança pessoal privada, transporte de valores, escolta armada, e em segurança de grandes eventos. Para se especializar, é preciso fazer cursos de reciclagem.

Nessa carreira, os profissionais iniciam como vigilantes e podem crescer profissionalmente passando a atuar como vigilante líder, supervisor de segurança patrimonial, líder de segurança e chefe de segurança patrimonial. Essas são apenas algumas possibilidades.

O mercado de trabalho dos vigilantes é muito amplo e diversificado.

Onde os seguranças atuam?

Como já mencionamos, os seguranças atuam em bancos, aeroportos e em diversas empresas, além de fazerem a segurança privada de empresários e celebridades. Além disso, é possível atuar em shoppings, órgãos públicos, organizadoras de eventos  e centros de distribuição, instituições de ensino, entre outros.

Qual a jornada de trabalho do segurança?

Normalmente, esses profissionais trabalham em regime de escalas, que podem ser organizadas da seguinte maneira:

  • 12 (doze) horas diurnas, de segunda-feira a domingo, contando com dois profissionais de vigilância em turnos de 12 x 36 horas;
  • 12 horas noturnas, de segunda-feira a domingo, contando com dois profissionais de vigilância em turnos de 12 x 36 horas;
  • 12 horas noturnas, de segunda a sexta-feira, envolvendo dois profissionais de vigilância em turnos de 12 x 36 horas;
  • 12 horas diurnas, de segunda a sexta-feira, envolvendo dois profissionais de vigilância em turnos de 12 x 36 horas;
  • 44 horas semanais diurnas, de segunda a sexta-feira, envolvendo um profissional de vigilância.

É assegurado ao vigilante e segurança no exercício da sua profissão:

  • prisão especial por ato decorrente do serviço;
  • seguro de vida em grupo, feito pela empresa empregadora;
  • porte de arma, quando em serviço;
  • uniforme cedido pela instituição empregadora a que se vincular;

Como é o mercado de trabalho de segurança?

O mercado de segurança privada vem crescendo em ritmo acelerado no Brasil, principalmente devido aos eventos de grande porte que aconteceram nos últimos anos, como Olimpíadas e Rock in Rio.

O segmento cresce, principalmente, no que se refere a transporte e segurança de valores, segurança de bancos, aeroportos e também segurança pessoal, sendo uma importante oportunidade para quem deseja entrar no mercado de trabalho com mais chances de contratação.

Em parte, esse crescimento se dá por falhas na gestão de segurança pública. Como o Estado não consegue suportar a demanda, as empresas e empresários recorrem à contratação de serviços de segurança privado.

Com tantas oportunidades, a qualificação é cada vez mais necessária!

Agora que você já sabe um pouco mais sobre a formação do vigilante e o mercado de trabalho, separamos para você as áreas que mais contratam segurança privada no Brasil. Acompanhe!

1. Vigilante de bancos, aeroportos e outras empresas

Todos os órgãos financeiros são obrigados por lei a manter um sistema de segurança eficiente e contratar vigilantes preparados para cuidar da proteção das pessoas e das edificações, garantindo assim, a ordem e o bom andamento das atividades bancárias.

O profissional de vigilância é de fundamental importância para que os clientes e usuários possam efetuar transações de maneira mais segura.

Treinamento

Apesar de não haver um curso específico para vigilantes bancários, atualmente os centros de formação já se preocupam em oferecer a melhor formação para esses profissionais. Isso porque essa é uma das funções mais desafiadoras dentro da área de segurança. É requerido do profissional ter muita responsabilidade, capacidade de tomar decisões e integridade em momentos de risco e alta pressão.

Para ser um profissional de sucesso no ambiente bancário, o vigilante precisa seguir à risca as normas e procedimentos da instituição em que trabalha.

Por vezes, essa postura rígida pode ser entendida pelos clientes como falta de cordialidade. No entanto, é importante lembrar que o dever do vigilante é prezar pela proteção de todos ao colocar seus conhecimentos em prática de maneira firme e consistente.

Como funciona o trabalho do segurança bancário?

Os vigilantes que atuam em bancos precisam posicionar-se em pontos estratégicos, para ter uma visão ampla e que proteja sua retaguarda.

Isso porque o fator surpresa é muito usado por bandidos, e a única maneira de evitar isso é ficar atento a qualquer movimentação que possa parecer estranha e fora da rotina do estabelecimento.

Assim, o profissional deve evitar conversas com os clientes, não se aproximar muito dos vidros das edificações e evitar se distrair com comoções de maneira geral.

É função do segurança bancário, ainda, zelar pelas atividades da porta giratória: ele deverá assegurar que as regras de entrada e saída sejam cumpridas de forma rigorosa, realizar a verificação diária para testar o funcionamento dos sistemas de segurança, atentar-se para  irregularidades e estar concentrado quando estiver nessa posição.

Armamento é obrigatório para bancos

Em instituições de outros segmentos, o uso de armamento para segurança é opcional, mas no caso de bancos ela é obrigatória. As regras para esse caso são as mesmas dos postos armados, por isso, é dever do vigilante zelar pelos equipamentos (coletes, armas, munições, rádios, entre outros equipamentos) e comunicar ao seu superior, de imediato, em caso de qualquer situação que esteja fora dos procedimentos padrões.

Rotina do segurança bancário

A rotina do profissional de segurança bancário é mais complexa do que de outros estabelecimentos, pela natureza do negócio. É necessário estar sempre alerta, principalmente quando o dinheiro está sendo transportado na entrada e saída do banco.

Em algumas situações, os riscos ainda aumentam, e exigem dos profissionais atenção redobrada, como fazer a escolta de valores na saída de agências próximas a locais de grande violência e incidência de furtos e roubo. Isso porque, esses momentos de deslocamento, muitas vezes, são os escolhidos pelos bandidos para os roubos. Assim, é ideal evitar a rotina e escolher horários alternativos, como em momentos de menor movimento na agência.

É importante que as agências entendam a importância de contratar profissionais capacitados e especializados, com seguranças portando equipamentos de qualidade.

Ambientes como bancos e aeroportos, onde há tanta movimentação de valores monetários e pessoas, a segurança deve vir sempre em primeiro lugar.

Segurança nos aeroportos

A atuação dos profissionais de segurança é um pouco mais ampla nos aeroportos, pois abrange mais do que a questões de segurança. Dessa forma, esse profissional recebe o nome de “agente de aeroporto”.

O trabalho dos agentes de aeroportos é bastante dinâmico e o profissional deve sempre estar munido de um rádio transmissor. Por esse dispositivo, ele recebe instruções de forma constante, sempre em buscando colaborar para o andamento de todos os serviços do aeroporto.

Também é função do agente de aeroporto auxiliar na organização dos voos, orientando os usuários para os portões de embarque, por exemplo.

Quanto aos horários de trabalho, de maneira geral são bastante flexíveis, com turnos de 6 horas em escalas de 6×1. Assim, a cada seis dias trabalhados o agente tem o direito de tirar um dia de folga.

Todos esses benefícios tornam possível que o funcionário se dedique a atividades como estudos e família.

Quais os requisitos básicos para atuar como agente de aeroporto?

Essa profissão não requer nenhum tipo de formação superior específica, mas é necessário que você seja maior de 18 anos. Entretanto, é importante ter algum curso que o diferencie dos demais candidatos — e o curso de formação de vigilante é muito bem aceito pelos recrutadores.

O curso de formação de vigilante prepara você para toda a rotina do trabalho, oferecendo orientação adequada para a atuação e para que o desempenho na prova seja satisfatório. É requerido do candidato um teste para verificar os conhecimentos dele, e isso abrange fundamentos da profissão e também questões de cunho geral.

Segundo idioma é fundamental

Falar inglês fluentemente é fundamental para atuar como agente de segurança de aeroportos. Isso se deve ao fato de que o fluxo de estrangeiros nos aeroportos é grande, e o inglês é considerado uma língua universal. Por isso, dentro desse segmento de mercado, a fluência nesse segundo idioma é fundamental e exigida.

2. Segurança de transporte de valores

O profissional de transporte de valores vai atuar nos carros-fortes, onde o vigilante passará um bom tempo durante o serviço.

O carro-forte é um veículo especial, usado para o deslocamento de documentos, dinheiro, joias, ou outros produtos de grande valor. Os carros de transporte de valores são fabricados especialmente para essa finalidade: eles são blindados, têm diversas fechaduras diferenciadas e possuem uma ergonomia própria.

Com o aumento da violência no Brasil e em todo o mundo, a segurança de transporte de valores continua crescendo, principalmente em instituições que necessitam transportar valores, como os bancos, museus, antiquários e, algumas vezes, até mesmo serviços públicos utilizam o serviço, a exemplo de prefeituras e órgãos do governo.

É papel do vigilante de transporte de valores estar atento à movimentação nas entradas e saídas das edificações, assegurando a integridade da carga que será transportada no carro-forte.

Atualmente, os carros forte são mais seguros devido à tecnologia empregada nos veículos, o que faz também com sejam mais leves, facilitando a condução no trânsito e outras vantagens.

Vale lembrar que esse tipo de veículo é vedado ao público e só pode circular pelas ruas com a licença da Polícia Federal.

3. Escolta armada

Os profissionais de escolta armada atuam no acompanhamento de caminhões com cargas especiais, com veículos devidamente preparados e uma equipe de dois a quatro vigilantes. Esse é um recurso muito utilizado por várias organizações empresariais e governamentais para assegurar a tranquilidade da viagem.

As cargas são criteriosamente acompanhadas pelos veículos da empresa de segurança, equipados com aparelhos de alta tecnologia de comunicação.

Para a equipe de escolta armada deve ser informado pelo contratante o trajeto que o caminhão fará, a distância que será percorrida, quantidade de caminhões que serão escoltados, pontos de parada e descanso programado.

Os profissionais que desejam atuar no serviço de escolta armada devem fazer o curso em instituição de ensino autorizada pela Polícia Federal. O conteúdo é de 50 horas e o aluno complementa o aprendizado do curso de formação de vigilante, com acréscimo de mais um tipo de armamento e disciplina própria de escolta armada.

4. Segurança pessoal privada

O serviço de vigilância pessoal privada é ideal para a proteção de executivos, celebridades e seus familiares. Do profissional é exigido um ostensivo treinamento, além de um plano operacional eficiente para complementar as atividades de segurança.

Como funciona um serviço de vigilância pessoal?

A segurança pessoal privada é um conjunto de ações defensivas e preventivas, tomadas com o objetivo de garantir a integridade do contratante. Esse tipo de atividade exige de seus profissionais qualificação e constante aprimoramento.

Para estar capacitado para esse tipo de serviço, é preciso apresentar um ótimo preparo psicológico e físico, ter capacidade de pensar analiticamente e contar com grande equilíbrio emocional para assegurar reações rápidas em caso de perigo.

O profissional de segurança pessoal privada deverá passar por testes para comprovar as habilidades para o manuseio de armas de fogo e equipamentos não letais.

5. Segurança de grandes eventos

O segurança de eventos é um dos profissionais mais contratados no mercado de segurança no Brasil. Isso porque, o mercado de entretenimento no país é grande, e um show ou festa privada de grande porte requer, obrigatoriamente, a contratação de profissionais de segurança devidamente qualificados.

O serviço de segurança para eventos tem como objetivo zelar pela segurança dos convidados, artistas e público em geral. E para essa função, os agentes de segurança precisam ser bem capacitados para interagir de forma profissional como todo tipo de público. É esperado que o segurança de grandes eventos sempre mantenha a calma, educação e cortesia, de maneira especial em eventos onde exista o consumo de álcool, quando algumas pessoas podem ficar mais alteradas e acabar perdendo a razão.

Assim, é preciso que os seguranças estejam aptos para lidar com um grande número de pessoas, exercendo habilidades como boa comunicação, defesa pessoal e saber manusear os instrumentos técnicos inerentes ao trabalho desempenhado.

A equipe de segurança de grandes eventos necessariamente deve ser capacitada para manter o controle da situação e domínio das emoções. Afinal de contas, o uso da força deve ser utilizado em último caso, ou seja, quando toda a negociação falhar.

Qualificação para grandes eventos

A Polícia Federal publicou, em dezembro de 2012, no D.O.U, a Portaria nº 3.233/2012 — DG/DPF, que dispõe sobre as novas regras de segurança privada. Nesse documento, vários mecanismos de controle são aprimorados, o que facilita a realização das atividades de segurança em grandes eventos, e melhora a exigência de qualificação dos vigilantes.

Nesse documento, foi instituído o Curso de Extensão em Segurança para Grandes Eventos, para especializar e qualificar os vigilantes para atuação nos locais onde haja grande concentração de pessoas. Esses locais podem compreender os estádios de futebol, grandes arenas de shows, como o Rock in Rio, e eventos a céu aberto, como shows públicos em praias e feiras agropecuárias.

O currículo do curso foi muito avaliado entre a Coordenação-Geral de Controle de Segurança Privada, pela Secretaria Especial de Política de Promoção de Igualdade Racial da Presidência da República e pelas entidades de classe representativas dos trabalhadores e das empresas do segmento.

O formato do curso foi fixado em 50 horas-aula e deve ser ministrado pelas empresas-escolas credenciadas pela Polícia Federal aos profissionais que almejam atuar em eventos com grande aglomeração de pessoas.

Capacitação é requisito para atuar em grandes eventos

A capacitação no curso de vigilância para grandes eventos é essencial, já que, as empresas que prestam o serviço de vigilância patrimonial apenas poderão empregar nesses eventos profissionais que tenham concluído o referido curso.

Caso contrário, estarão sujeitos a pagar multa e outras penalidades para a Polícia Federal, que é a responsável pelo controle da segurança privada no Brasil.

No curso de extensão em grandes eventos você vai aprender gestão de multidões com foco no respeito aos direitos humanos e à promoção da igualdade racial, além de gerenciamento de público;

O conteúdo do curso tem como objetivo capacitar o profissional para que ele tenha as atitudes, conhecimentos e habilidades necessárias para exercer a função, garantindo assim a segurança das pessoas e do patrimônio onde forem realizados grandes eventos.

Mas afinal, como ser escolhido para uma vaga de segurança?

Apesar de não existir uma fórmula pronta para se conquistar uma vaga de trabalho, é sempre importante estar preparado tecnicamente para a função que deseja exercer.

Nos cursos de formação da Escola Brasil de Segurança, você encontra todos os cursos para se tornar um profissional apto para atuar na área de segurança.

Além das certificações, você ainda sai para o mercado de trabalho com a certeza de que passou pela melhor escola de formação de segurança, com dez anos de tradição no mercado e referência em seu segmento.

Para garantir a sua vaga no mercado de trabalho, é importante ficar atento a questões comportamentais na hora da entrevista. Demonstre calma, educação e quando indagado sobre os recursos técnicos que aprendeu no curso de formação, busque passar autoridade, ou seja, confiança naquilo que diz.

Mostre que você é interessado e quer aprender cada vez mais, tem disposição e é uma pessoa proativa, ou seja, antecipa-se aos problemas e não espera alguém pedir para resolver questões que são de sua responsabilidade.

Postura e seriedade também são essenciais para a profissão de segurança, por isso, fique atento e evite intimidade com o recrutador na hora da entrevista.

Quando for contratado, lembre-se de colocar em prática tudo o que aprendeu no curso de formação e continue se atualizando para crescer profissionalmente na carreira de segurança.

Essa é uma área muito próspera, e que poderá ajudar você a alcançar seus objetivos pessoais e profissionais!

Se você gostou deste e-book sobre as 5 áreas que mais contratam seguranças e como ser escolhido, entre em contato conosco para saber como podemos ajudar você!

16 Comentários

  1. Juvenice pereira de oliveira

    Quero saber mais…

  2. PRIMEIRAMENTE MUITO OBRIGADO PELAS DICAS AS DICAS FOI ÓTIMA PARA MIM
    GOSTEI MUITO!!!!!!

    • ESCOLA BRASIL DE SEGURANÇA (Autor)

      Bom dia,

      Ficamos felizes em contribuir com seu crescimento!

      Estamos sempre a disposição para melhor atendê-lo sempre!

  3. Paulo Cesar Silva Carvalho

    Bom dia isso não é para mim não tenho inglês mais qual é o preço desse curso

    • ESCOLA BRASIL DE SEGURANÇA (Autor)

      Bom dia,

      O inglês não é um pré requisito para atuar na área!

      Para fazer o curso é necessário ser maior de 21 anos e ter a quarta série completa!

      Quer saber mais?
      Entre em contato conosco!
      (31) 3201-0708
      (31) 98445-2427

  4. Roseli Ramos De Medeiros

    Olá eu amei tudo isso, gostaria muito de fazer parte dessas ativisades, afinal quero ajudar a fazer o Brasil melhorar.tamos juntos nessa, vou fazer o curso e me dedicar totalmente para ser uma grande agente.Obrigado pela ajuda

    • ESCOLA BRASIL DE SEGURANÇA (Autor)

      Bom dia,

      Ficamos felizes em saber que contribuímos com você para seu crescimento!

      Quer se profissionalizar cada vez mais?

      Entre em contato conosco e saiba sobre os cursos!
      (31) 3201-0708
      (31) 98445-2427

  5. Eu tenho o curso de agente de segurança ele e muito bom e sou militar das forças armada e quero trabalhar na área de agente de segurança

  6. Na teoria é mais ou menos isso mas na prática muitas condutas devem ser quebradas para não virar boneco de academia. Disciplina, respeito, responsabilidade e pontualidade é o dever de conduta do vigilante. Na prática a pressão psicológica é grande e se você não for uma pessoa centrada no que está fazendo você vai precisar de um médico, principalmente quem mexe com o público, se vc trabalha armado não se esqueça que quando você sair você estará desarmado então não se sinta superior a ninguém e evite passar informações sobre o cliente e sobre a sua vida pessoal e rotinas.

    • ESCOLA BRASIL DE SEGURANÇA (Autor)

      Boa tarde,

      Agradecemos sua contribuição.

      Devemos sempre buscar atuar dentro do ideal, para assim ter uma conduta profissional exemplar.

  7. Moacir de oliveira

    Onde fica esta escola

    • ESCOLA BRASIL DE SEGURANÇA (Autor)

      Boa tarde!

      Temos unidade em Belo Horizonte e Pouso Alegre!

      Segue os endereços:
      Belo Horizonte – Rua Carijós, 173, centro, 173. Contato: (31) 3201-0708/ (31) 98445-2427
      Pouso Alegre – Av. Antonio Mariosa, 3215, Jardim Yara. Contato: (35) 3421-936/ (35) 98445-8576

      Estamos a disposição para melhor atendê-lo sempre!

  8. Pessoas com diabetes pode fazer o curso de vigilante?E exerce?

    • ESCOLA BRASIL DE SEGURANÇA (Autor)

      Boa tarde,

      Para você fazer o curso é necessário laudo médico no qual ateste sua aptidão para Educação Física.

      Mais informações:
      (31) 3201-0708
      (31) 98445-2427