6 cursos para entrar no mercado de trabalho de forma rápida

Conseguir um emprego nos dias de hoje no Brasil não é uma tarefa fácil. Por isso, quem deseja vencer a concorrência e ocupar a tão sonhada vaga em determinada empresa precisa investir em cursos para entrar no mercado de trabalho. Afinal, as empresas procuram por profissionais qualificados e competentes.

Mas isso não quer dizer que você precisa obrigatoriamente ter um curso superior, pós-graduação, idiomas e cursos afins, pois há uma boa demanda por profissionais com formação técnica.

Então, se você ainda não vê a possibilidade de ter uma formação superior, pode investir em cursos técnicos ou profissionalizantes. Assim, você consegue se qualificar e ainda entrar no mercado de trabalho mais rápido.

No post de hoje, vamos falar sobre alguns cursos rápidos, nos quais você pode investir e se capacitar para se recolocar no mercado de trabalho. Confira!

1. Curso de garçom

Quando você pensar em investir em cursos para entrar no mercado de trabalho, pode considerar a opção de fazer um treinamento para garçom. O curso geralmente é rápido e tem carga horária média de 40 horas, mas isso varia de acordo com a instituição.

Uma das vantagens de investir na profissão é que nem sempre as empresas exigem que o garçom tenha ensino médio completo. No entanto, estabelecimentos que recebem muitos turistas podem ser mais exigentes neste quesito, principalmente em relação ao domínio de outro idioma.

O mercado de trabalho para esse profissional é amplo e continua crescendo. Mas, para investir nessa área, você precisa gostar de lidar com pessoas, ter paciência e disposição para trabalhar duro, pois o garçom costuma atuar em fins de semana e feriados.

O salário de um garçom depende do local onde ele mora, tamanho da empresa, entre outros fatores, mas em média, o profissional pode faturar R$ 1.276,28 mensais.

2. Curso de torneiro mecânico

É uma boa opção para quem busca um curso rápido, pois não há muita exigência para o aluno que deseja ingressar, e a carga horária pode ajudar aqueles que não tem muito tempo para estudar.

O curso geralmente não ultrapassa as 300 horas e o torneiro mecânico é um dos profissionais essenciais do setor industrial. Isso porque ele é o responsável pela formulação, criação e recorte de peças e objetos. É quem controla os parâmetros de produção e qualidade do produto.

Para trabalhar nessa área, o profissional precisa gostar de lidar com máquinas e ainda ser detalhista, pois como citamos anteriormente, dele depende a qualidade de um produto.

A média salarial desse profissional está acima de R$2.000,00. No entanto, os melhores salários são oferecidos pelos setores de construção civil, metalurgia e siderurgia.

3. Curso básico de vigilante

A formação básica de vigilante também entra na lista de bons cursos para entrar no mercado de trabalho. Isso porque o curso é rápido — tem duração de 200 horas — e pode ser concluído em 20 dias. Além disso, para se matricular é necessário que o candidato tenha apenas a 4ª série do ensino fundamental, além de 21 anos completos.

Outra exigência para fazer o curso é não ter antecedentes criminais. O segurança pode trabalhar no setor privado, em bancos, empresas, segurança particular etc., mas a profissão não é para qualquer um, pois o profissional pode lidar com situações de risco.

Por isso, se você pensa em investir nesta carreira deve ser calmo, pontual, equilibrado, tranquilo, honesto e assíduo. Os vigilantes devem transmitir respeito e seriedade no ambiente de trabalho.

A média salarial do profissional é de R$ 1.392,20 e o mercado de trabalho é promissor.

4. Curso de caldeiraria

Talvez você nunca tenha ouvido falar neste curso, mas a caldeiraria é uma área ligada à metalurgia. O trabalho do caldeireiro é de grande importância nas indústrias, por isso, é uma profissão promissora. Para fazer o curso é necessário ter o ensino fundamental completo e ser maior de 14 anos.

O curso tem duração média de 800 horas e quem deseja entrar na área precisa gostar de lidar com máquinas, pois vai realizar trabalho de manutenção de equipamentos. Além disso, o profissional precisa interpretar desenhos técnicos, montar e reparar aparelhos petroquímicos, entre outras funções.

O mercado de trabalho é próspero, devido à grande quantidade de indústrias no país. A média salarial para um caldeireiro em início de carreira pode ser superior a R$2.000,00, mas isso depende do tamanho da empresa na qual ele trabalha.

5. Técnico em segurança do trabalho

O técnico em segurança do trabalho é um profissional bem requisitado pelas empresas. O curso de formação é rápido e dura em média dois anos, dependendo da instituição. No entanto, trata-se de uma formação técnica, por isso é necessário que o aluno tenha concluído o ensino médio para somente depois fazer o curso.

Esse profissional é responsável por zelar pela correta aplicação das normas de segurança de uma empresa. É uma profissão que exige muita responsabilidade e paciência para lidar com as pessoas.

A carreira está em alta, pois há carência de bons profissionais na área. A média salarial pode variar entre R$ 1.000,00 e R$ 3.300,00.

6. Técnico em mecânica

Outro bom curso para entrar no mercado de trabalho é o de técnico em mecânica. O curso tem duração média de dois anos e é necessário que você tenha o ensino médio completo para investir na profissão. Há diversas áreas ligadas à mecânica que vão desde a área industrial à de automóveis, mas você escolhe qual área seguir quando faz sua matrícula.

Tanto o setor industrial como o automobilístico oferecem boas opções de trabalho. Mas, para você trabalhar na área, tem que gostar de máquinas e de sujar as mãos, literalmente. Além disso, é uma profissão para pessoas detalhistas, que conseguem identificar um pequeno defeito rapidamente.

A média salarial para esse profissional é de R$ 2.458,70, mas isso depende da região onde ele trabalha.

Essa foi nossa lista de bons cursos para entrar no mercado de trabalho. Todos são opções que devem ser pensadas na hora de você escolher uma qualificação profissional, principalmente por serem rápidos. Além disso, todas as carreiras citadas estão em alta no país e se você estudar com afinco, vai se tornar um bom profissional e garantir seu “lugar ao sol”.

Gostou do post e quer ler outros artigos legais como este? Então, siga nosso perfil no Facebook e acompanhe nossas postagens!

2 Comentários

  1. O curso de armas não letais .existe à possibilidade de ser feito em belem?

    • ESCOLA BRASIL DE SEGURANÇA (Autor)

      Bom dia,

      Para realizar o Curso de Armas Não Letais, você deve procurar uma escola qualificada e autorizada pela Polícia Federal em Belém!

      Mas caso desejar fazer conosco, nos procure!

      Ficamos em Belo Horizonte!

      Maiores informações:
      (31) 3201-0708
      (31) 98445-2427
      http://www.escoladeseguranca.com.br/