6 dicas para conciliar dois empregos

Se você quer aumentar a sua renda no fim do mês, talvez conciliar dois empregos pode ser uma ótima saída. A tarefa não parece fácil, mas se você tiver bastante foco e for organizado, metade do trabalho será feito de forma tranquila e você não ficará extremamente cansado. O segredo é saber se preparar!

Por isso, é importante que você analise primeiro se realmente é viável ter dois empregos. Lembre-se de que você ficará comprometido nas duas funções e deverá, ao mesmo tempo, dar suporte para os dois trabalhos. Portanto veja se valerá a pena pelo tempo gasto e também pelo valor que você receberá, ok?

Para ajudar você a tirar de letra essa situação, separamos 6 dicas para conciliar dois empregos. Confira!

1. Organize a sua agenda

Ter todos os seus horários bem definidos e organizados talvez seja o grande segredo para o sucesso ao conciliar dois empregos. E o motivo é simples: se você não tiver isso bem claro, chegará um momento que ficará tudo muito confuso, sobrecarregado e você não conseguirá mais desenvolver um bom trabalho em ambas as oportunidades.

Ponha na ponta do lápis o tempo que você precisa ter para as funções. Calcule também o trajeto que levará para ir de um a outro e considere o seu tempo de descanso, refeições etc. Isso é muito importante, viu? Não adianta você ter duas ótimas oportunidades e não conseguir exercer as tarefas muito bem!

Tente manter a rotina entre os dois trabalhos. E, sempre que possível, reveja a sua agenda antes da semana começar analisando se você terá mais trabalho ou algum outro compromisso que terá que dar mais atenção.

2. Crie uma lista de prioridades ao conciliar dois empregos

No momento em que você estiver organizando a sua agenda semanal, que tal criar uma lista de prioridades? Assim, tudo ficará ainda mais simples de seguir durante os próximos expedientes. Sem contar que você também passa a ser bem-visto nas empresas em que trabalha, já que demonstrará claramente o seu comprometimento com os resultados.

Outra dica essencial, é você montar uma lista com base nas tarefas que podem ser feitas logo após as suas verdadeiras prioridades. O que isso significa? Que quando você terminar as tarefas mais urgentes, você pode até mesmo agilizar as demandas que poderiam ser feitas em outro momento.

Essa prática vai gerar mais credibilidade no seu trabalho, e você vai ganhar ainda mais confiança da chefia! Ou seja: crie uma lista bem detalhada das suas prioridades e não perca o foco.

3. Descanse sempre que possível

Como é de se esperar, você trabalhará em dobro e, muitas vezes, mais do que imaginava. Por isso, sempre que você conseguir, descanse. Vale reforçar que se você forçar o trabalho mesmo quando estiver muito cansado, corre o risco de cometer erros graves por falta de atenção. E isso pode comprometer as oportunidades de emprego que você tem em mãos!

Então, não deixe de dormir bem quando chegar em casa, nos dias de folga e também durante alguns minutos durante os horários livres do expediente. Por exemplo: você tem 1h de almoço, mas geralmente faz a sua refeição em uns 15 minutos e depois fica vendo as atualizações das redes sociais. Que tal tirar um cochilo nesses 45 minutos restantes?

Você verá a diferença que isso fará no desenvolvimento do seu trabalho! Além de estar mais descansado, a sua mente também estará mais alerta, atenta e o seu desempenho naturalmente vai aumentar. Sem contar no seu humor, que será um dos melhores!

4. Tenha tempo para amigos e familiares

Ter dois empregos não significa que o seu tempo de lazer acabou. Muito pelo contrário, é agora que você deve fazer questão de tirar algumas horas livres para fazer o que mais gosta. Nesse quesito entram os amigos e familiares, que normalmente demandam atenção constante e fazem muito bem para qualquer pessoa.

Não se esqueça de que estar rodeado de conhecidos é um dos fatores que mais motivarão você a conseguir alcançar seus objetivos. Aproveite e converse com eles sobre os seus planos, o que anda fazendo, o que tem acontecido na jornada de trabalho. Se precisar, também peça conselhos e ajuda para encarar algum problema.

5. Mantenha hábitos saudáveis

Se você gosta de sair para se divertir à noite, não há problema algum nisso! Na verdade, é bom para se distrair, conhecer novas pessoas, e ter uma vida social equilibrada e saudável. Mas atenção: evite sair e ficar até muito tarde na véspera dos seus trabalhos. Você ficará muito cansado e o seu nível de atenção cairá drasticamente.

Além disso, tente se exercitar mesmo tendo uma agenda muito corrida e repleta de afazeres. O seu corpo precisa de um estímulo como o exercício para manter a sua saúde em dia! E aqui vale de tudo, viu? Corridas, pedaladas, natação, academia, ou qualquer outro tipo de esporte.

Vale reforçar ainda, que bastam apenas 20 minutos por dia de exercícios para você já sentir uma grande diferença na sua saúde.

6. Crie boas relações interpessoais em seus empregos

Nada melhor do que poder contar com colegas de trabalho, certo? Seja para o que for, é muito importante que você seja simpático e prestativo nas suas duas oportunidades de trabalho. Essas pessoas ainda poderão ajudar você em momentos difíceis que possam vir a surgir ao conciliar dois empregos.

Não esquecendo também que criando bons laços no seu trabalho, você terá também um ótimo ambiente para executar as tarefas do dia a dia. Você ficará mais motivado, alegre e será muito mais bacana trabalhar de um jeito leve.

E você ainda pode causar uma boa impressão nos seus chefes, abrindo uma oportunidade de poder até mesmo ser contratado para uma outra função que pague melhor do que os dois empregos juntos. Bom, não é?

Como você pode notar, não é preciso se assustar ao conciliar dois empregos. A tarefa exige um bom jogo de cintura e planejamento, mas não é impossível! E você garantirá uma renda extra no final do mês, que pode ser muito útil para os seus projetos pessoais e, ao mesmo tempo, profissionais. Então, preparado?

Gostou das nossas dicas? Curta a nossa página no Facebook e acompanhe, de perto, posts interessantes como este!

Sem Comentários