Você sabe como conciliar estudos com trabalho e família? Veja dicas aqui!

Estudar é fundamental para melhorar a sua qualidade de vida e a da sua família. Por meio dos estudos é possível aprimorar-se tanto pessoal quanto profissionalmente, o que contribui para que você tenha condições de construir uma carreira sólida.

Dessa forma, os estudos são um investimento que têm retorno garantido, mas que requererem a superação de alguns desafios. Como conciliar estudo com trabalho e família é a dúvida de muitas pessoas que desejam garantir um futuro melhor por meio de cursos profissionalizantes. Apesar de não ser tarefa das mais fáceis, seja por conta do cansaço físico ou emocional, é altamente possível, desde que você tenha força de vontade e perseverança.

Separamos 8 dicas para ajudar você a entender como conciliar trabalho, estudo e família. Confira!

1. Tenha foco

Estar em um local com o pensamento em outro não só torna inviável que você viva o presente, como também exaure as suas energias. Por isso, foco é fundamental. Se o horário é de trabalho, esteja inteiramente envolvido em suas funções. Se for hora de estar com a família, curta cada momento.

Saiba que a qualidade dos momentos que você está com seus entes queridos é mais importante que a quantidade de tempo. Faça valer cada minuto! Isso vai ajudá-lo a se revigorar para os desafios diários.

2. Tenha horários bem definidos

É impossível dar conta de uma rotina de trabalho e estudos se você não respeitar os horários. No início, será preciso algum esforço e disciplina até você entrar no ritmo.

Vai funcionar assim: sua rotina começa com o café da manhã na hora X, você para o trabalho no horário Y, estuda no horário Z, e assim por diante. Evite adiar esses horários, pois a organização será a sua maior conquista diária!

3. Faça o seu plano de estudos

Suponhamos que a sua meta seja conquistar um trabalho em três meses e, para isso, precisa concluir um curso dentro desse prazo. Sua meta é o emprego, e a forma de atingi-la é a conclusão do curso.

No seu cronograma de estudos você deve decidir qual matéria será priorizada em cada dia da semana, por determinado tempo e em determinado horário, de forma que em três meses todas as matérias tenham sido finalizadas.

Para conseguir estudar, você vai ter de abrir mão de alguns minutos do almoço e se dedicar antes de dormir.

Mas atenção! É importante estar 100% presente no estudo e jamais ultrapassar o horário de início e fim das atividades. Disciplina é fundamental em todas as etapas.

4. Separe um tempo livre para o lazer

Aproveitar todos os minutos do dia não significa excluir amigos e família. Muito pelo contrário, eles são fundamentais para você se dedicar aos seus objetivos, e por isso, é necessário focar na qualidade de tempo dedicado a eles. Caso isso não aconteça, haverá um desiquilíbrio, e você não aguentará uma rotina que só prioriza estudos e trabalho por muito tempo.

Para assegurar a sua qualidade de vida, separe algumas horas do dia para estar com os amigos, conversar com a família e passar um tempo de qualidade com o (a) namorado (a) ou esposo (a). Essa é uma forma de revitalizar as energias e estar disposto (a) para as suas tarefas diárias.

5. Abuse da tecnologia

Procure soluções tecnológicas que contribuam para a qualidade do tempo do seu estudo.

Quando a questão é tempo, um aplicativo de notas é útil para lembrar você de todos os horários e atividades do seu dia. Para o fator estudo, você pode gravar aulas para escutar no ônibus e em alguns momentos livres.

Veja alguns exemplos de aplicativos para otimizar o seu tempo!

  • wunderlist: esse aplicativo te auxilia na hora de fazer listas de tarefas e lembrar compromissos, além de agendar trabalhos, provas e prazos de maneira organizada e fácil;
  • evernote: esse app ajuda nas suas anotações de aula e de estudos, além de gravar áudios na sala de aula. O diferencial do Evernote é que é possível acessá-lo de qualquer dispositivo móvel ou computador.

6. Controle sua vida financeira

Você não quer comprometer a conclusão do seu curso devido a despesas inesperadas, não é mesmo?

Quem concilia trabalho, estudo e família, normalmente também arca com todas as despesas dos estudos. Essa é uma realidade comum a muitos brasileiros e requer atenção especial. É importante saber que, além de matrícula e mensalidade, você também terá de arcar com custos de transporte e gastos com alimentação, caso não consiga lanchar em casa ou no trabalho antes de ir para o curso, por exemplo.

Para evitar surpresas, especifique no seu orçamento o que será investido em cada setor da sua vida, desde despesas básicas com transporte até os momentos de lazer. Tenha tudo na ponta do lápis!

7. Estabeleça uma rede de apoio

Você certamente passará por alguns momentos difíceis ao longo da sua jornada. A rotina pode ser exaustiva, e por isso, é muito importante contar com o apoio e compreensão da família e amigos. Traga-os para mais perto dos seus sonhos para tornar o trajeto mais leve.

O apoio de pessoas próximas para auxiliá-lo estará diretamente relacionado à sua qualidade de vida, por isso, é importante que todos conheçam o seu momento atual para que eles possam apoiá-lo.

8. Cuide da sua saúde

Mesmo na correria entre casa, trabalho e curso, é importante ficar atento à sua alimentação, a qualidade do seu sono e dos seus momentos de lazer. Com equilíbrio entre todas as esferas da sua vida, você conseguirá assimilar tudo que aprendeu no dia e sua rotina será mais leve.

Para isso, é necessário alimentar-se bem e dormir entre seis e oito horas por dia, portanto, virar a noite em cima dos cadernos não deve virar um hábito!

É importante também separar um momento do dia só para você, sem compromissos ou responsabilidades. Pode ser no caminho para o trabalho ou no intervalo das aulas, mas é fundamental fazer algo para aliviar a mente e se livrar um pouco o estresse do cotidiano.

O que você achou dessas dicas de como conciliar estudos com trabalho e família? Assine nossa newsletter para acompanhar mais conteúdos como este!

Sem Comentários