Como conseguir um segundo emprego e melhorar sua renda

Não é novidade para ninguém que está cada vez mais difícil chegar ao fim do mês sem passar sufoco para pagar as contas e fazer as compras de itens básicos no supermercado. Por causa disso, você já deve ter ouvido muita gente perguntando como conseguir um segundo emprego mesmo já trabalhando durante a semana.

Nesses casos, uma boa opção é trabalhar com funções que podem ser exercidas aos finais de semana, como garçom, professor de aulas particulares, cuidador de idosos ou animais ou até profissional de limpeza e organização. Mas para fazer a escolha certa, existem algumas coisas que precisam ser feitas e consideradas para começar um novo trabalho.

O que fazer para conseguir um segundo emprego?

Um bom primeiro passo para conseguir um segundo emprego é você fazer uma lista das suas principais habilidades e pensar em como elas podem ser aproveitadas na função que você pretende exercer. Para tornar a situação mais real, imagine pequenas simulações de quais conhecimentos esse novo trabalho exige e como você pode encaixá-los na sua função. Vale a muito a pena você também aproveitar coisas que você gosta de fazer, uma vez que isso será agradável e não lhe causará sofrimento.

Depois de fazer isso, se você não mora sozinho, avise sua família que você decidiu ter um segundo emprego. Fazer isso vai evitar que seus familiares contem com você para alguma coisa durante seu novo horário de trabalho ou que eles lhe atrapalhem caso você tenha um horário reservado para trabalhar em casa.

Com esses horários definidos, deixe claro para o empregador que seu trabalho se trata de um segundo emprego e que você não vai conseguir fazer nada que ele pedir fora do período combinado. Pode parecer simples, mas isso evita aborrecimentos, tanto para você quanto para ele no futuro.

Consegui o segundo emprego, e agora?

Quando conseguir o emprego, seja rígido com o cumprimento do horário e, se necessário, configure alarmes no celular para te avisar quando você deve começar, fazer um intervalo e parar, lembrando que as pausas para o lazer, descanso, amigos e família são tão importantes quanto o trabalho em si.

Nos casos de trabalho à distância, combine alguma forma de sempre manter contato ativo com seu chefe para troca de informações rápidas. Além disso, dê retorno de como está o andamento de seu trabalho e combine pelo menos um dia da semana para vocês fazerem reuniões por videoconferência ou presenciais para ele definir quais diretrizes você deve seguir.

Com essa determinação, pode até ser que seu segundo emprego se torne sua principal fonte de renda, por isso, também, não deixe de investir em capacitação. Isso vai demonstrar seu interesse em aumentar seu desempenho e fará com que o empregador deposite mais confiança em você, além de você aprender formas mais eficientes de fazer o seu trabalho.

Que tipo de trabalho pode dar renda extra?

Se você tem dúvidas do que fazer para complementar sua renda, saiba que existem muitas oportunidades de trabalho de meio período ou até mesmo apenas nos fins de semana. Por isso, nós listamos algumas opções de empregos que podem se encaixar com o que você precisa e ajudar a desafogar seu orçamento.

1. Vigilante

O emprego de vigilante é uma das alternativas a se considerar para quem deseja melhorar um pouco a renda mensal. Mas para tirar logo uma das principais dúvidas sobre esse tipo de trabalho, ele não é exclusivo para homens. Hoje em dia, é comum encontrarmos mulheres trabalhando no setor de segurançade casas noturnas para revistar as visitantes e evitar constrangimentos, por exemplo.

Essa atividade é interessante porque abrange vários setores da economia, sendo possível, inclusive, trabalhar em duas empresas diferentes. Para você ter uma ideia dessa versatilidade, um vigilante pode atuar em um posto fixo em agências bancárias, indústrias, órgãos públicos ou em vários tipos de estabelecimentos de prestação de serviços. Isso sem contar que ainda podem surgir alguns trabalhos mais esporádicos, como cuidar da segurança de festas e eventos durante os fins de semana.

Outro aspecto positivo de trabalhar como vigilante é a possibilidade de você ter horários mais flexíveis, de forma que isso permite que você mantenha um contrato com uma empresa e exerça funções extras. Por isso, a dica fundamental é fazer um curso preparatório na área, em escola autorizada pela Polícia Federal e com ensino de qualidade, uma vez que as empresas preferem profissionais mais bem preparados.

2. Garçom ou garçonete

Durante os finais de semana, o movimento em restaurantes e lanchonetes costuma ser maior e os donos acabam contratando mais garçons e garçonetes para suprir essa demanda dos sábados e domingos. Entre as diferentes opções que fazem a contratação, ainda é possível citar bares, casas noturnas, buffets de festas infantis e de casamento, eventos de empresas e, até mesmo, as comemorações realizadas em residências e condomínios.

Sobre a remuneração, fique atento se existe algum tipo de bônus ou comissão sobre o volume. Se esse for o caso, melhor ainda, e até vale a pena mostrar mais trabalho sério e arregaçar as mangas. Assim, você ainda tem chances de ser contratado como funcionário definitivo.

Como você pode perceber, o que fazer não falta! Entretanto, tenha em mente que é preciso saber lidar com as pessoas, ter disposição para servir, bastante iniciativa, dinamismo e, claro, ter habilidade com a bandeja para não deixar nada cair.

3. Atendente de call center

Um dos setores que mais empregam no Brasil é o de atendimento de call center, o conhecido telemarketing. Segundo uma norma regulamentadora criada especificamente profissionais dessa área, no entanto, eles não podem ter uma jornada de trabalho superior a seis horas diárias. Sendo assim, essa atividade é uma boa opção para quem precisa de um dinheiro a mais.

O lado bom de atuar com esse tipo de trabalho é que, normalmente, não é exigida muita experiência, o que facilita a ocupação de um cargo e a conciliação com uma atividade paralela. E como conseguir um segundo emprego nessa área? Existem algumas maneiras com boas chances de sucesso!

A primeira delas é cadastrar seu currículo diretamente nos sites das empresas. Outra maneira é entrar em contato com as agências recrutadoras que oferecem vagas. Por fim, busque os grupos das redes sociais que anunciam as oportunidades de trabalho.

Contudo, saiba que é necessária paciência para atender o público, mas, sem dúvidas, essa é uma chance de ter uma ocupação em meio período com carteira assinada.

4. Cuidador de animais

Você sabia que nos lares brasileiros existem mais cachorros do que crianças? Isso é o que mostra uma pesquisa do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Com informações coletadas em 2013, esse relatório mostra de cada cem famílias consultadas na pesquisa, 44 delas criam cachorros e somente 36 têm crianças de até doze anos.

Essa é uma boa notícia não só para os apaixonados por animais, mas também para quem procura um trabalho em horário mais flexível.

Atualmente, existem muitas famílias que buscam pessoas para passear com cães durante alguns dias da semana ou mesmo para fazer companhia ao animal em casa. Por conta dessa necessidade, quem gosta de bichos de estimação pode apostar nessa ocupação, pois além de render uma grana extra, também será muito prazerosa.

Agora, lembre-se que é preciso muita responsabilidade para cuidar dos peludos, afinal, os seus donos os consideram verdadeiros membros da família.

5. Professor de aulas de música

Você tem habilidade de tocar um instrumento musical, como guitarra, violão, teclado ou cavaquinho, seja na banda com os amigos ou mesmo nos encontros da igreja? Se a sua resposta é sim, não perca mais tempo e aproveite esse talento para conseguir dinheiro.

Essa pode ser uma fonte de renda complementar muito divertida, sem contar que é possível combinar com o aluno para que as lições sejam na sua própria casa ou na dele. Ou seja, você pode trabalhar sem sair de casa.

Mas para conseguir os primeiros alunos, será preciso fazer uma boa propaganda! Uma ideia é avisar os parentes e amigos, fazer aquele famoso boca a boca. Outra alternativa é colocar anúncios em quadros do prédio onde mora, por exemplo.

E não se esqueça da força das redes sociais. Crie uma página no Facebook, faça publicações frequentes sobre suas aulas e peça para seus alunos fazerem avaliações sobre o seu trabalho.

6. Profissional de limpeza e organização

Devido à correria do dia a dia, muita gente não tem tempo para cuidar da limpeza do lar ou mesmo manter os armários organizados, por exemplo. Essa demanda faz surgir muitas oportunidades para pessoas dispostas a trabalhar com esses tipos de serviços. E o melhor: é possível atuar por períodos determinados, apenas na parte da manhã ou da tarde.

Além disso, quem presta um bom atendimento costuma voltar com frequência para a mesma casa ou rapidamente recebe mais indicações. Isso faz com que nunca falte o que fazer e, consequentemente, sempre tenha um dinheirinho a mais.

Por isso, se você sabe fazer uma faxina completa e deixa qualquer lugar limpo e cheiroso, ou tem habilidade para organizar um guarda-roupa ou as gavetas da cozinha, talvez, essa seja a sua chance de conseguir uma segunda atividade remunerada.

Assim, a dica para encontrá-lo é informar a todos a sua disponibilidade para atuar com essas tarefas. Mais uma chance é verificar anúncios em sites, grupos do Facebook e do WhatsApp.

7. Redator freelancer

Se você gosta de escrever, o segundo emprego ideal para você é o de redator! Nessa área, você vai produzir textos de acordo com as necessidades de seus clientes, mas a melhor parte é que você ainda terá a comodidade de trabalhar em casa e fazer seu próprio horário — desde que os prazos sejam cumpridos, claro.

Para essa função, conhecimentos de marketing digital são fundamentais para você se dar bem. Por isso, caso não tenha essa capacitação, procure alguns cursos online para estudar. Muitos deles são gratuitos ou são bem acessíveis.

8. Venda de sucos e lanches

Comum em faculdades e ambientes de trabalho, a venda de sucos naturais, lanches e doces também é uma boa forma de complementar sua renda.

Nessa opção, o que chama atenção é a relação custo-benefício que existe na produção. Um bom passo inicial é você vender para seus conhecidos. Conforme a demanda for aumentando, você pode até pensar em convidar alguém para lhe ajudar.

Lembre-se também que os seus recursos devem ser aproveitados ao máximo, como é o caso do gás de cozinha, se você usa o forno, por exemplo. Faça os produtos em grandes quantidades e calcule o valor corretamente para que o seu lucro pague o dinheiro investido.

Portanto, a regra geral de como conseguir segundo emprego é ficar atento às oportunidades de trabalho e, principalmente, observar áreas que tenham grande demanda de profissionais.

Assim, além de ter uma ocupação garantida, você ainda terá a certeza de que será bem pago.

Este artigo foi útil para você? Então não deixe de curtir a página da Escola Brasil de Segurança no Facebook para você não perder nenhuma de nossas publicações e ficar sempre atualizado.

2 Comentários

  1. É mesmo uma grande dica de oportunidade e por isso maei sua materia!
    Vale mesmo a pena passar esse conteudo, fico muito grata e vou te acompanhar certamente.