Conheça as vantagens de fazer um curso de vigilantes

O vigilante tem uma missão muito nobre na sociedade: protegê-la. Sua função é prevenir riscos, defender locais e pessoas de possíveis ocorrências de criminosos. Além disso, ele também realiza atendimentos em portarias e controla a entrada e saída de pessoas, veículos, produtos e materiais diversos.

Compete ao vigilante fazer rondas sistemáticas em seu local de trabalho, assim como estar atento à iluminação do ambiente, realizar ligamento e desligamento de equipamentos, revistar funcionários, relatar e emitir relatórios de ocorrências e sempre zelar pela manutenção da ordem e disciplina no local.

Em tempos de violência crescente, mais do que nunca, o serviço de segurança privada tem sido procurado. Para quem deseja aproveitar as oportunidades e entrar neste campo de trabalho é necessário fazer um curso de vigilantes, preferencialmente em uma instituição que proporcione formação adequada com alto nível de qualidade no ensino, e de acordo com a regulamentação federal.

A seguir, saiba mais sobre os detalhes dessa formação e como ela pode ser vantajosa para você!

1. Importância da formação para vigilantes

A exigência da formação para vigilantes é fundamental, mas infelizmente existem muitas empresas de segurança privada ilegais, sem reconhecimento de agentes competentes, que colocam a sociedade em sérios riscos.

Um treinamento adequado serve para garantir a segurança do próprio vigilante e das propriedades físicas de quem contrata esse serviço. Afinal, lidar com a preservação de empresas, comércios e diversos estabelecimentos não é para pessoas destreinadas e inexperientes. Há normas para esses profissionais seguirem e inclusive se atualizarem.

Além da formação, o vigilante também deve se habilitar por meio da Carteira Nacional de Vigilante, obtida mediante solicitação a Polícia Federal.

2. Requisitos para fazer o curso de vigilante

Agora você já sabe que para ser vigilante é preciso ter uma formação adequada, certo? Então, vamos aos pré-requisitos!

  • o curso é destinado a quem é brasileiro nato ou naturalizado;
  • o aluno deve ter estudado no mínimo até a 4ª série do Ensino Fundamental;
  • ter a idade igual ou superior a 21 anos.

3. Metodologia do curso

O curso de formação de vigilantes atende à Portaria 3233/2012, do Departamento de Polícia Federal, que estabelece as leis relacionadas às atividades de Segurança Privada.

Utiliza uma metodologia teórica e prática, com  técnicas de ensino individualizado, coletivo e em grupo, buscando qualificar o vigilante por meio de atividades que se aproximem ao máximo da realidade que podem enfrentar.

O destaque do curso é o foco em situações que realmente podem acontecer. Por isso, na formação, as aulas práticas são diárias e intercaladas às aulas teóricas.

Para alcançar os objetivos de formação, são realizadas atividades práticas e simulações em um ambiente seguro, visando aguçar as habilidades de percepção do aluno para que ele se antecipe ao que pode acontecer na realidade.

4. Disciplinas que fazem parte do curso

No curso de formação o futuro vigilante aprende a manejar armas, a lidar com equipamentos e a aplicar técnicas de defesa pessoal, habilidades que serão vitais para preservar a segurança de pessoas e patrimônios.

Tudo isso seguindo o que diz a portaria 3233/2012, do Departamento de Polícia Federal, que orienta as atividades de segurança privada, com ou sem porte de armas, desenvolvidas por empresas especializadas.

Dentre as disciplinas que o aluno precisa cursar, estão incluídas:

Armamento e tiro (24h)

O aluno aprende a como usar o armamento, mas somente como uma ferramenta de última escolha para se defender ou defender outras pessoas.

Noções de criminalística e técnica de entrevista prévia (8h)

O aluno irá compreender como notar evidências e indícios na localidade de um crime e aprenderá os métodos adequados para isolar corretamente a área para perícia. Ele saberá como preservar os indícios até a Polícia chegar, bem como observar e descrever pessoas, espaços, objetos e locais.

Passará a saber como identificar substâncias ilícitas, tráfico de drogas, uso e dependência, e a agir preventiva e repressivamente.

Por último, terá conhecimento de técnicas de entrevista prévia, com a meta de coletar informações importantes para a iniciação de investigações da polícia.

Legislação e direitos humanos (20h)

O futuro vigilante estudará aspectos básicos do Direito Constitucional e Direito Penal, focando nos crimes que ele deverá prevenir. A disciplina também abrange proteção ambiental e respeito à diversidade, no que se relaciona à orientação sexual, direitos femininos, infantis, dos idosos e das pessoas com deficiência.

Relações humanas no trabalho (10h)

A disciplina pretende desenvolver o aluno nos níveis intra e interpessoal, cultivando atitudes para o atendimento adequado e prioritário às pessoas com deficiência, bem como estimular hábitos sociáveis para um bom relacionamento no trabalho e em outros campos do convívio social.

Noções de segurança privada (8h)

O aluno terá contato com conceitos e legislação de segurança privada, função das empresas e dos representantes de classe, direitos, deveres e atribuições do vigilante.

Radiocomunicações  (10h)

O aluno conhecerá o sistema de radiocomunicações utilizado pelas empresas de segurança e aprenderá a manusear os aparelhos de radiocomunicação com eficiência, bem como dominar os códigos utilizados neste tipo de comunicação.

Noções de segurança privada (10h)

A disciplina trata sobre conceitos e legislação de segurança privada, papel das empresas e dos representantes de classe, direitos, deveres e atribuições do vigilante.

Noções de segurança eletrônica (6h)

O aluno aprenderá a utilizar equipamentos eletrônicos para defender as pessoas e o patrimônio, o que pode ser realizado por meio de alarmes, sistema de câmeras de vigilância, sirenes, circuito fechado de televisão, central de monitoramento, entre outros.

Prevenção e combate a incêndios (6h)

A disciplina apresentará noções e técnicas básicas de prevenção e combate a incêndios, ensinando o que fazer em caso de sinistros, principalmente ao evacuar prédios.

Primeiros Socorros (6h)

O aluno vai compreender como fazer um atendimento primário da vítima de acidentes para evitar riscos mais graves à vida, até que chegue o socorro profissional.

As técnicas ensinadas devem priorizar a respiração, a observação de sinais vitais e análise de lesões para escolher a melhor forma de salvá-la: ressuscitação cardiopulmonar, imobilização em caso de fratura, cuidados para hemorragia interna, etc.

Sistema nacional de segurança pública e crime organizado (10h)

O aluno absorverá conhecimentos sobre o Sistema Nacional de Segurança Pública, atribuições constitucionais de cada corporação policial e das Forças Armadas e atribuições da guarda municipal. Também aprenderá a melhor forma de acionar a Polícia Militar em caso de ocorrência policial gerada na área de vigilância.

Defesa pessoal (20h)

A disciplina promove o desenvolvimento de habilidades, fundamentos e técnicas de defesa pessoal e de terceiros.

Educação física (12h)

Aprimora o condicionamento físico, tendo em vista um programa básico permanente de preparação física pessoal.

Vigilância (14h)

De forma geral, o aluno aprenderá sobre vigilância em diferentes localidades, como hospitais, escolas, indústrias, bancos ou shoppings, tendo em mente a guarda da localidade em que atua.

Além disso, conhecerá seus deveres como profissional e compreenderá fatores para efetuar uma vigilância prática, atenta, que atue em conjunto com o contratante e com os agentes de polícia da segurança pública.

Uso progressivo da força (8h)

A disciplina trata de conceitos de legislação relativos ao emprego e uso da força de maneira escalonada, com o auxílio de armas menos letais. Desenvolve habilidades de utilização do uso progressivo da força. Fortalece atitudes para aplicar os conhecimentos adquiridos no desempenho das atividades de vigilância patrimonial e segurança pessoal

Gerenciamento de crimes (8h)

Essa disciplina do curso treina o futuro vigilante para desempenhar suas atividades, especificamente em um momento de crise ou de conflito. O aluno aprende as diferenças entre crise e conflito, por meio de exemplos reais e simulados de gerenciamento de crises.

5. Duração do curso

No item anterior você conheceu as disciplinas que são abordadas no curso de formação de vigilantes. Apesar de serem muitas, sabia que o curso pode ser concluído em apenas 20 dias?

É possível finalizar o curso nesse breve espaço de tempo devido à opção de estudo intensivo, que acontece de segunda a sábado, das 7h30 às 17h40. Uma boa opção para quem precisa de uma formação rápida e de qualidade!

Mas, para quem pode e prefere terminar o curso com mais flexibilidade, há a opção de 50 dias, com turno matutino ou noturno.

6. Investimento médio do curso de vigilantes

Muitos profissionais podem escolher um curso levando em conta somente o aspecto financeiro. Mas, para lidar com a segurança de pessoas e patrimônios, qualidade e seriedade são fatores obrigatórios a se considerar neste ramo — tanto para quem está começando quanto para quem está se reciclando.

Em média, o investimento que o futuro vigilante faz para se formar gira em torno de R$600,00. Quem pretende se reciclar paga a metade desse valor. São investimentos baixos se você considerar a rápida duração em que irá se formar e o retorno obtido com o novo trabalho.

7. Média salarial de um vigilante

A média salarial de um vigilante dependerá do porte da empresa e do nível de experiência profissional na área.

De acordo com pesquisa do Banco Nacional de Empregos (BNE) e contribuições salariais do site Salário BR nos últimos doze meses, o salário inicial bruto desse profissional em uma pequena empresa está em torno de R$1.028,37 e R$1.480,84 em uma empresa de grande porte.

Já o salário de um vigilante pleno, com seis a nove anos de experiência, pode alcançar em média R$1.958,42.

Entre os setores que melhor remuneram vigilantes, segundo pesquisa da Catho, estão escolas e faculdades, com uma média de R$1.411,00; empresas privadas diversas, com uma média de R$1.242,00; e prestadoras de serviços, oferecendo remuneração em torno de R$1.212,00.

Esses valores são relativos à remuneração bruta do vigilante. É importante esclarecer que devem ser adicionados 30% ao valor final, relativos ao título de adicional de periculosidade. O trabalhador tem esse direito quando trabalha em locais com condições insalubres ou perigosas, como postos de gasolina, hospitais, local de construção civil, entre outros.

O vigilante pode receber também o adicional noturno de 20%, se trabalhar entre os horários de 22h e 5h, além de hora extra e o vale-alimentação. Porém, como a categoria de vigilantes ainda não conta com piso salarial unificado, os ganhos devem ser verificados conforme a Convenção Coletiva de cada Estado.

8. As áreas de atuação do vigilante

No mundo da segurança privada existem cinco maneiras de se atuar como vigilante, de acordo com a Portaria 3233/2012 do Departamento de Polícia Federal: segurança patrimonial, segurança pessoal privada, escolta armada, transporte de valores e segurança em grandes eventos. Saiba mais sobre cada tipo de atuação a seguir:

Vigilância Patrimonial

Defende e preserva a integridade de pessoas e de patrimônios em diversos locais, sejam eles comércios, empresas, estabelecimentos, dentre outros.

Segurança Pessoal Privada

Como já diz o nome, busca guardar a segurança física de uma ou mais pessoas, bem como á própria vida e a preservação dos armamentos necessários à profissão, com os pernoites limitados à execução deste serviço de segurança.

Transporte de Valores

Transportar dinheiro, bens ou objetos de valor, utilizando-se de veículos especiais, apropriados à ação dessa tarefa.

Escolta Armada

Esse tipo de atuação da segurança privada tem o intuito de destinar de um local a outro cargas ou valores, junto com a volta da equipe, seus armamentos e outros instrumentos necessários.

Segurança em grandes eventos

Com atuação em estádios, ginásios ou em outros eventos que comportem mais de três mil pessoas, nesta atividade é necessário possuir uma habilitação especial, obtida por meio da realização de um curso de extensão em segurança para grandes eventos.

Mas, atenção! Quem faz o curso de formação de vigilantes só pode atuar como vigilante patrimonial, guardando empresas, comércios, edifícios, locais de armazenamento de produtos, dentre outros tipos de estabelecimentos. Para as demais funções, como escolta armada, são necessários cursos de extensão.

9. Sobre a atuação após ser aprovado no curso de formação

Além dos pré-requisitos para fazer o curso de formação de vigilantes, o profissional da área precisa atender as exigências para efetivação da matrícula:

  • ser aprovado em exames de saúde e de aptidão psicológica;
  • comprovar idoneidade por meio da apresentação de atestado de antecedentes criminais e certidões criminais negativadas da Justiça Estadual e Federal;
  • estar em dia com as obrigações eleitorais e militares.

Além dessas exigências, ainda será necessário um registro de Certificado de Formação de Vigilante. Trata-se do documento que valida a formação, e habilita o aluno a exercitar a profissão em todo o Brasil, na atividade de vigilante patrimonial.

Com relação a essa providência, não é preciso se preocupar: a Escola de Formação é a responsável por gerar os Certificados de Conclusão de Curso de Formação e encaminhá-los a uma unidade da Polícia Federal, no prazo legal, junto com os documentos do aluno.

Por fim, com o certificado em mãos, é hora de procurar uma vaga no mercado de trabalho. A empresa contratante solicitará a Carteira Nacional de Vigilante eletronicamente ao Departamento de Polícia Federal, o que deve ser feito em até trinta dias após a contratação do vigilante. Esse documento tem validade de cinco anos e é obrigatório usá-lo no serviço.

Atualmente, a carga horária para o vigilante é de 30 a 40 horas por semana, mas essa jornada depende da região de atuação. Na maioria dos Estados, consta o número de seis horas diárias.

10. Diferença entre vigilante e vigia

Os títulos dessas profissões são bem parecidos, mas não são a mesma coisa! O vigia é responsável por cuidar e guardar um patrimônio físico.

Geralmente ele fica parado, não precisa ficar em ronda e nem precisa de treinamento especial como o vigilante, que, por sua vez, precisa de uma preparação específica.

O vigilante, além de fazer a vigilância de um patrimônio, também é responsável pela segurança das pessoas. Ele pode ser habilitado para fazer transporte de valores ou cargas. Nesses casos, é preciso realizar outros cursos de extensão além da formação para vigilante.

11. O perfil ideal de um vigilante

Nem todo mundo tem o perfil para ser vigilante e essa é uma verdade que precisa ser dita. Espera-se algumas características de quem almeja essa profissão, como calma, autocontrole, pontualidade, assiduidade, honestidade e discrição.

Como esse profissional trabalha com porte de armas de fogo, manter-se calmo em situações de pressão é fundamental. Por lidar com informações sobre segurança e acesso a locais restritos, também é importante ser discreto, sem ferir o sigilo necessário à profissão.

12. Importância da apresentação pessoal

A questão da imagem pessoal também é importante para o vigilante. Por trabalhar em locais públicos, o profissional deve estar sempre com o uniforme limpo e bem conservado, além de utilizá-lo somente em local de trabalho, pois sua postura deve transmitir confiança.

É recomendável adotar uma postura ereta, com a cabeça erguida, mas não precisa fechar a cara e fazer rosto de malvado, não! Só é indispensável evitar gírias e palavras de baixo calão, não fumar em público. Ao falar com alguma pessoa em serviço, não se deve tocá-la.

13. Validade do curso de formação de vigilantes

Qualquer curso para vigilante, seja de formação ou extensão, tem validade de dois anos. Então, é necessário que o vigilante passe por uma reciclagem antes do vencimento deste período.

Se o profissional trabalha registrado em carteira, o valor das despesas deverá ser paga pela contratante.

14. Recomendações para a carreira de vigilante

Conquistada a formação e a atuação no mercado de trabalho, dá para ir além? Com certeza!

É possível aumentar as chances de crescer na carreira ao fazer outros cursos ou explorar outros campos na segurança privada. Você pode, por exemplo, investir em um Curso Tecnólogo na área de Gestão de Segurança Privada. Esse tipo de graduação é concluída em apenas dois anos e você pode encontrá-lo em diversas instituições de ensino, como na Unihorizontes, UniBH e até na modalidade à distância, como na Fumec ou na Unifran.

Você pode também optar por cursos mais rápidos, como os de extensão, que abrangem as áreas de transporte de valores, defesa pessoal, vigilância com cães, segurança de grandes eventos, entre outras.

Lembre-se: todo vigilante precisa se reciclar com cursos periódicos a cada dois anos, então planeje os passos da sua carreira profissional e escolha bem!

Você pode conferir todas as regras e orientações para o exercício desta profissão na Portaria nº 3.233/2012 do Departamento de Polícia Federal ou obter mais informações no site da PF: www.dpf.gov.br.

15. Expectativas para a profissão nos próximos anos

A preocupação com o crime, vandalismo e violência é uma constante em nossa sociedade. A necessidade de manutenção da segurança vem aumentando, por isso fazer um curso de vigilantes é uma ótima opção para quem procura um mercado de trabalho repleto de vagas e boas oportunidades.

Espera-se que a atuação desse profissional cresça nos próximos anos, até numa proporção maior do que as taxas de criminalidade.

Ao final do curso, de acordo com a portaria 3233/2012,  é esperado que o aluno tenha absorvido um conjunto de conhecimentos, técnicas, habilidades e ações para:

  • perceber o humano como ser que tem direitos fundamentais;
  • ser sociável no trabalho e na sociedade;
  • fazer uma atuação de vigilância sempre alerta, proativa e que se relaciona com as pessoas da localidade;
  • atuar com um olhar preventivo em relação a seus deveres, fazendo-se visível ao público e assim inibindo a ação de possíveis criminosos;
  • tentar prever eventos maléficos, a fim de diminuir suas consequências ou impedir que eles aconteçam, agindo em conjunto com os agentes de segurança pública;
  • saber manusear com segurança os equipamentos comunicacionais;
  • operar com técnica e habilidade os equipamentos de comunicação, como alarmes e outras recursos que ajudam a garantir a segurança patrimonial;
  • defender-se utilizando as técnicas que aprendeu de maneira consciente, procurando seguir procedimentos adequados e praticá-los;
  • estar com boa saúde física para o bom desempenho de seus deveres;
  • saber identificar ações ilegais que constam nas leis penais;
  • entender como conceituar, falar sobre leis e funções das empresas de segurança privada;
  • estar seguro e aplicar com segurança as medidas de primeiros socorros em vítimas de acidentes e crimes;
  • empreender medidas para prevenir e combater incêndios;
  • assumir a liderança em caso de situações de crise;
  • praticar outras ocupações que surgirem em campos diferentes, originados em divisões especializadas da empresa em que atua, para expandir um padrão de excelência em todas as áreas da segurança privada.

Você acaba de conhecer a fundo todos os detalhes sobre o curso de vigilantes e as vantagens de se tornar um profissional desta área.

Por ser uma formação de baixo investimento e de capacitação rápida para entrar no mercado, o curso atrai muitos profissionais à procura de um salário maior e com interesse na área de segurança.

Deseja saber mais sobre o curso de vigilantes? Então, entre agora em contato conosco para mais informações sobre a nossa formação. Esperamos você!

30 Comentários

  1. gostaria de saber se no curso de vigilante se tem alguma prova escrita ?

    • ESCOLA BRASIL DE SEGURANÇA (Autor)

      Bom dia,

      O Curso de Formação Básica de Vigilante possui avaliações práticas e escrita. Mas não se preocupe, a avaliação será dentro do que for ensinado após cada matérias.

      Se você deseja saber mais sobre o curso, nos procure!

      (31) 3201-0708
      (31) 98445-2427
      http://www.escoladeseguranca.com.br/

      Estamos a disposição para melhor atendê-lo!

    • Sim ao final de toda matéria tem prova escrita (mais por alternativas então e fácil si prestar atenção na aula)

      • ESCOLA BRASIL DE SEGURANÇA (Autor)

        Bom dia,

        Para que os estudos e aquisição conhecimento necessário é importante estar atento as aulas e ter material para consulta.

        Maiores informações:
        (31) 3201-0708
        (31) 98445-2427

  2. Senaida Malagisi

    Gostei do teu post, super bom seu ponto de vista. Eu tenho um Blog sobre este mesma assunto, visite ele depois. Até logo.

    https://vivendocertocomsaude.com/como-parar-de-fumar-definitivamente/

    • ESCOLA BRASIL DE SEGURANÇA (Autor)

      Bom dia,

      Ficamos felizes em saber que contribuímos para seu conhecimento e crescimento!

      Caso deseje mais informações sobre o Curso de Formação de Vigilante e suas extensões, nos procure!

      Vamos acompanhar seus assuntos para podermos crescer juntos!

      (31) 3201-0708
      (31) 98445-2427
      http://www.escoladeseguranca.com.br/

  3. Olá! Eu poderia jurar que já estive neste portal antes, porém depois de ler este eu entendi que é novidade para mim. Até logo.

    https://vivendocertocomsaude.com/como-parar-de-fumar-definitivamente/

  4. Informação valiosa. Para minha felicidade que achei o seu website por sorte, e estou muito alegre com o que eu encontrei aqui. Felicidades abraço.

    https://consertoseinstalacoes.com/curso-conserto-de-ar-condicionado-split/

    • ESCOLA BRASIL DE SEGURANÇA (Autor)

      Bom dia,

      Ficamos felizes em saber que estamos contribuindo.

      Estamos a disposição para melhor atendê-lo sempre!

  5. Opa! Eu seria capaz de falar que já estive neste blog antes, mas depois de ler o teu artogo eu percebi que é maravilho para mim. Até mais abraço.

    https://consertoseinstalacoes.com/O-segredo-das-lavadoras/

    • ESCOLA BRASIL DE SEGURANÇA (Autor)

      Bom dia,

      Ficamos felizes em saber que estamos contribuindo.

      Estamos a disposição para melhor atendê-lo sempre!

  6. Texto bacana. Eu acabei de encontrar o seu site e queria falar que de fato os seus artigos são ótimos. Até logo abraço.

    https://vivendocertocomsaude.com/

    • ESCOLA BRASIL DE SEGURANÇA (Autor)

      Bom dia,

      Ficamos felizes em saber que estamos contribuindo.

      Estamos a disposição para melhor atendê-lo sempre!

  7. Artigo muito pertinente sobre a segurança. Parabenizamos toda equipe pela produção de divulgação do conteúdo.

    Academia de Segurança

    • ESCOLA BRASIL DE SEGURANÇA (Autor)

      Bom dia,

      Ficamos felizes em saber que nossos conteúdos tem colaborado para o desenvolvimento profissional e ampliado conhecimento.

      Estamos sempre a disposição para atendê-lo.

      Mais informações:
      (31) 3201-0708
      (31) 98445-2427

  8. Ana Cristina Pereira

    Boa noite…. sou doida pra faze um curso de vigilante.. Mais eu fico as vezes pra baixo, porque tenho amiga que me falar que eu não tenho cara pra ser uma vigilante e nem tamanho pra ser também… Ai fico mal com isso😔😔

    • ESCOLA BRASIL DE SEGURANÇA (Autor)

      Bom dia,

      O porte físico não é um empecilho!
      Você deve se profissionalizar e se destacar na qualidade de seu treinamento!

      A exigência é que seja maior de 21 anos e quarta série completa!

      Quer saber mais?
      Entre em contato conosco!
      (31) 3201-0708
      (31) 98445-2427

  9. Eu queria saber se tenho a escola a dispociçao em Fortaleza ceara ou Tetesina Piaui

    • ESCOLA BRASIL DE SEGURANÇA (Autor)

      Boa tarde,

      Infelizmente não temos unidade nestes locais.

      Mas estamos a disposição em Belo Horizonte e em Pouso alegre, em Minas Gerais.

      Contato:
      (31) 3201-0708
      (31) 98445-2427

  10. Boa tarde tenho 20 anos completo 21 em outubro queria saber se ja posso fazer o curso de vigilante ? Ou se posso ir financiano até os 21. Pfv me tire essa duvida

    • ESCOLA BRASIL DE SEGURANÇA (Autor)

      Boa tarde,

      Você só poderá iniciar o curso após completar 21 anos.

      Assim que você completar nos procure!

      (31) 3201-0708
      (31) 98445-2427

  11. Quantas provas e no curso

    • ESCOLA BRASIL DE SEGURANÇA (Autor)

      Boa tarde,

      As avaliações são feitas para averiguação da aprendizagem dos conteúdos, conforme exigência da Polícia Federal.

      Quer fazer o curso?

      Saiba o que você precisa para efetuar sua matrícula!

      (31) 3201-0708
      (31) 98445-2427

  12. Fernando luiz de moura

    Queria saber se ainda posso fazer a reciclagem, porque estou parafo à mais de 8 anos, fiz o curso mas não atuei na área, agora estou desempregado eu posso fazer a reciclagem e trabalhar na área de segurança?

    • ESCOLA BRASIL DE SEGURANÇA (Autor)

      Boa tarde,

      Você pode fazer a reciclagem sem problemas. Para realizar é necessários alguns documentos como exame médico e exame psicotécnico, documentação pessoal completa e algumas certidões negativas.

      Temos reciclagem toda semana, de segunda a sexta ou de quarta a domingo, no horário intensivo (07:30 às 17:40).

      Mais informações:
      (31) 3201-0708
      (31) 98445-2427

  13. Michael de Almeida

    Curso de vigilante so serve para trabalhar no brasil e em outro território outro pais nao serve

    • ESCOLA BRASIL DE SEGURANÇA (Autor)

      Bom dia,

      Este curso é regulamentado conforme leis brasileiras, porém há alguns países que com acordo diplomático aceitam o curso para atuação em seu território.

      Mas devemos avaliar cada caso particularmente.

      Estamos a disposição para mais esclarecimentos.

  14. Tenho duas Atas de segurança que foram realizados os cursos no ano 2000 mais nunca trabalhei com vigilante !
    Gostaria de saber se caso eu venha exercer está função se só mente terei que fazer a reciclagem ?

    • ESCOLA BRASIL DE SEGURANÇA (Autor)

      Bom dia,

      Para que o senhor esteja apto para exercer a função de vigilante novamente é necessário que seja feita a reciclagem do curso.

      Mais informações:
      (31) 3201-0708
      (31) 98445-2427