ganhar dinheiro sem faculdade

É possível ganhar dinheiro sem faculdade? Descubra aqui!

Voltar ao mercado de trabalho ou até mesmo começar seu primeiro emprego pode ser um momento assustador para muitas pessoas. Isso porque o atual cenário econômico, que ainda está em crise, continua oferecendo poucas oportunidades. E muitas pessoas que não possuem curso superior se sentem deixadas de lado nos processos seletivos.

Então, como ganhar dinheiro sem ter cursado uma faculdade? É possível? A resposta é: sim, é plenamente possível. Muitas áreas, atualmente, não só oferecem um maior número de oportunidades, como também remuneram melhor aquelas profissões que não precisam de diploma de curso superior.

Vamos mostrar as principais delas, para que você possa entender que é possível, sim, conquistar a sua independência financeira e se recolocar no mercado, mesmo sem ter curso superior. Confira!

Área estética

O mercado de beleza do Brasil é um dos maiores do mundo. O perfil vaidoso da população brasileira é o que ajuda essa área a crescer, principalmente quando se fala na criação de produtos para serem lançados no mercado. Assim, há sempre novos itens à disposição para serem comercializados, bem como novas técnicas e serviços.

O mercado de estética também tem uma vantagem interessante — há uma série de possibilidades de atuação para quem deseja se inserir nessa área:

  • salões de beleza;
  • cuidados com a pele;
  • massagem corporal;
  • venda de produtos no varejo ou de forma independente, entre outros.

Na maioria dos casos, é preciso apenas um curso profissionalizante para poder atuar nessa área, de forma que não é necessária formação superior.

Divulgação de marketing

Muitas áreas elementares do marketing não necessitam de formação superior para serem exercidas — um curso de formação é o suficiente para impulsionar sua carreira profissional. Por exemplo, designers gráficos devem ter conhecimentos de elementos de formação gráfica, bem como dos programas de edição (Photoshop, Corel Draw, entre outros) para poderem atuar.

É um mercado bastante expressivo, já que cada vez mais as pessoas querem empreender e precisam fazer seu produto ou serviço se destacar diante dos concorrentes, a fim de conseguir resultados mais significativos.

Vendedor independente

A venda autônoma tem sido um mercado bastante interessante para muitas pessoas, principalmente aquelas que, por razões pessoais diversas, necessitam de flexibilidade em suas rotinas.

Com a possibilidade de poderem ter seu próprio horário de trabalho, desde que consigam realizar as vendas necessárias para bater as metas financeiras estipuladas, os profissionais veem esse mercado como interessante. Basta analisar quais os tipos de produto possuem uma maior saída em sua região, buscar fornecedores do tipo de item que deseja comercializar e investir em uma transição segura para esse modelo de trabalho.

Áreas técnicas

O mercado técnico profissional continua em expansão desde que o Governo Federal passou a investir mais fortemente nas escolas técnicas, há 10 anos. Sendo assim, aquelas pessoas que desejam entrar em um mercado especializado, mas não têm tempo para um curso de graduação, podem realizar cursos técnicos e encontrar áreas cada vez mais abertas a recebê-las.

Vigilante ou segurança armada

A segurança armada ou área de vigilância é um setor sempre em expansão. Infelizmente, a realidade nos centros urbanos, com o aumento da violência, exige cuidados maiores com segurança por parte das empresas privadas. O lado positivo é que esse cenário permite uma expansão do setor de vigilância, abrindo novas vagas no mercado.

Para se tornar vigilante, basta um curso de formação em escola reconhecida pela Polícia Federal, tornando-se uma opção com ótimas chances de entrar no mercado e ganhar bons salários.

Assim, a gente percebe que ganhar dinheiro sem faculdade é possível: basta observar as oportunidades apresentadas nesse conteúdo e investir na formação necessária para atuar nesses setores.

Conhece amigos que também estão nessa situação? Então, compartilhe esse post em suas redes sociais para ajudá-los!

Sem Comentários