Quer um emprego de vigilante? Veja como conquistá-lo!

Em tempos de crise, tudo fica mais complicado. Desemprego, contas a pagar e muitos outros problemas. Uma alternativa para driblar essa situação difícil é buscar uma nova área profissional.

Atualmente, um dos setores que mais cresce no país é o de segurança. Quer saber como entrar nesse mercado e conquistar aquele sonhado emprego de vigilante? Então, anote as dicas de hoje!

Como é o mercado para os vigilantes?

Por conta da violência, muitas empresas vêm investindo mais na proteção das pessoas e do patrimônio. Os vigilantes são uma garantia de proteção contra crimes, furtos e roubos. Eles também mantêm a ordem e a segurança da população em casos de vandalismo, por exemplo.

Dentro desse cenário perturbador, a procura por segurança só aumenta. Logo, o mercado fica sempre aquecido, já que a proteção não só dos bens, mas também do público é um fator fundamental para o crescimento de empresas e de instituições privadas e públicas.

Segundo informações do Sistema de Gestão Eletrônica de Segurança Privada – GESP, publicados no Anuário Brasileiro de Segurança Pública, em 2016, o Brasil tinha 519.014 vigilantes, um contingente que supera o número de policiais.

Em que áreas atuam esses profissionais?

O campo de trabalho dos vigilantes é muito extenso. Eles podem agir em locais públicos ou privados, executando serviços de atendimento em portarias, rondas e revista de pessoas, por exemplo.

Com o crescimento do mercado, as empresas privadas estão contratando muitos profissionais. E é justamente nesse meio que estão grande parte das oportunidades atuais de emprego na área. A seguir, conheça os três nichos que comandam os trabalhos do profissional de vigilância:

Segurança Patrimonial

Esse é o mais amplo. Os vigilantes de segurança patrimonial são responsáveis pelos cuidados da empresa e dos seus bens, reduzindo quaisquer tipos de danos patrimoniais ou humanos. Veja alguns exemplos de locais que precisam desse serviço:

  • comércios;
  • instituições de ensino;
  • shopping centers;
  • casas noturnas;
  • bancos;
  • farmácias;
  • hospitais;
  • creches;
  • hotéis;
  • supermercados;
  • condomínios residenciais.

Transporte de Valores

Os profissionais dessa área, conhecida pelo “carro forte”, têm a tarefa de garantir a entrega dos materiais e objetos transportados. Ele é responsável por coordenar e garantir que todo o processo de transporte seja realizado com sucesso. Em geral, os seguranças trabalham com o recolhimento e abastecimento de grandes quantias monetárias. Contudo, há também o transporte de cheques, obras de arte e outros itens de valor, a depender do serviço exigido.

Segurança Pessoal Privada (VSPP)

Nesse segmento, o foco dos vigilantes é manter a segurança pessoal do contratante. Para atuarem dessa forma, é necessário que os profissionais tenham experiência mínima de 1 ano em uma das áreas que apresentamos acima, com registro na Carteira de Trabalho.

Qual é a remuneração do emprego de vigilante?

A média salarial do vigilante no Brasil vai de R$ 1.024,23 a R$ 2.579,59, dependendo do nível na profissão, podendo o valor também variar de região para região. Em Minas Gerais, por exemplo, os valores ficam entre R$ 1.602,86 e R$ 2.083,72, conforme a Convenção Coletiva de 2017.

Devido aos riscos da profissão, o vigilante tem direito a adicionais de periculosidade, que giram em torno de 30%. Caso esse trabalhador atue durante o período noturno (22h às 5h), ainda é adicionado ao salário mais 20%.

As jornadas de trabalho variam entre 30 e 44 horas semanais, porém, a agenda dependerá da empresa. Os profissionais costumam trabalhar em sistema de escala ou plantão, como o horário 12×36.

Como conseguir o emprego de vigilante?

Primeiro de tudo, para trabalhar na função, é necessário que o candidato tenha um curso de formação básica de vigilantes, de 200 horas. O curso capacita os profissionais na utilização de armas e equipamentos e em técnicas de defesa.

Depois, já conhecendo um pouco mais sobre a área e o mercado da segurança, siga as dicas que vamos te dar para melhorar sua busca por uma vaga no mercado:

1. Mantenha seu currículo atualizado

Não se esqueça de corrigir seus dados pessoais — como telefone, endereço e e-mail — no currículo, além de informar os empregos anteriores e os seus conhecimentos. Um currículo atualizado se destaca entre os demais.

2. Procure por empresas e vagas com o seu perfil

Uma opção pode ser buscar empresas com as quais você tenha alguma identificação. Pesquise os sites e as redes sociais das organizações para saber mais informações sobre a cultura e os valores de cada uma.

Para facilitar a busca por essas vagas e informações, os centros de intermediação de trabalho são interessantes. Ir às empresas também pode ser uma solução para buscar a tão sonhada vaga de emprego.

Além disso, a internet está disponível para facilitar a procura pelas vagas. Os sites de emprego ajudam os candidatos a se inscreverem em mais de uma oportunidade no menor tempo possível. Além disso, aproximam as pessoas das empresas contratantes. Há até mesmo aplicativos para celular que são próprios para fazer esse tipo de pesquisa.

3. Entenda sobre a empresa

É importante conhecer em que lugar você pretende trabalhar. Busque entender os valores, as ideias e as políticas aplicadas dentro da empresa. Procure também saber sobre como é a rotina do ambiente de trabalho.

Não se esqueça de se informar um pouco sobre a história da companhia. Juntando esses fatores, você terá uma noção melhor de como funciona o negócio e quais são as necessidades que os contratantes estão buscando.

4. Conheça como funciona o processo de seleção

É entrevista? É dinâmica? Qual é o método que será usado para selecionar os candidatos? É importante saber isso para não se surpreender com as exigências que serão feitas durante a seleção. A preparação é fundamental para você garantir o sucesso na conquista do emprego.

5. Treine perguntas e respostas

É quase impossível saber todas as perguntas que serão feitas. Contudo, dá para se preparar para algumas, como “me fale um pouco sobre você”, “quais são seus objetivos”, “pontos forte e fracos”, entre outras.

Mas não é questão de decorar as respostas: é mais para você formar uma linha de pensamento que fique clara na hora de conversar com o recrutador. Quando for responder, foque sempre naquilo que de fato é importante.

6. Mantenha o foco da conversa

Quando o recrutador for perguntar sobre experiências de vida ou questões do dia a dia do trabalho, responda naturalmente. Mas se lembre: o entrevistador não é seu amigo.

Logo, tenha noção de que aquilo que está sendo dito tem que estar dentro do que foi perguntado. Caso a conversa siga para outros caminhos, isso pode acabar mudando o andamento da entrevista e prejudicando você. Seja objetivo.

7. Não minta nunca

Responda tudo com honestidade. Não minta tentando fingir algo que você não é ou não sabe. A pior coisa para um profissional é ser classificado, negativamente, por ter um perfil totalmente diferente do que aparentava ser na entrevista. Não tenha medo de assumir quem você é. E mantenha sempre o respeito pelo próximo.

8. Faça cursos variados

Para se destacar no mercado de trabalho, é necessário continuar se especializando sempre. Cursos de conhecimento de novas tecnologias de segurança e também de defesa pessoal são diferenciais na hora de uma empresa contratar um vigilante.

Agora que você conhece mais sobre a carreira e como conseguir o emprego de vigilante, dê uma olhada no nosso blog, que oferece muitos conteúdos sobre a área. Aproveite e saiba mais sobre a importância da defesa pessoal!

22 Comentários

  1. Lucimara Suar de Araújo

    Muito orgulho em ter me formado nessa escola. Aprendi a ser uma guardiã com postura, com facilidade em gerenciar conflitos, faz a diferença na hora de conseguir a vaga.
    Muita gratidão.

    • ESCOLA BRASIL DE SEGURANÇA (Autor)

      Bom dia,

      Estamos muito felizes em saber que lhe conseguimos alcançar nossos objetivos!

      Oferecer uma formação de qualidade.

      Estamos a disposição sempre para melhor atendê-lo.

  2. Vigilante patrimonial Escolta armadas transporte de valores

  3. Ivan A. Moreira

    Parabenizo essa excelente escola pois através dos cursos que fiz hoje tenho condições de permanecer no mercado de trabalho. Vigilante com orgulho.
    Bravo-4/IA13/2017
    Brasil.

    • ESCOLA BRASIL DE SEGURANÇA (Autor)

      Bom dia,

      Obrigada Ivan!

      Estamos sempre a disposição para melhor atendê-lo.

      Não se esqueça de estar sempre com o curso em dia, isto faz a diferença!

      Maiores informações:
      (31) 3201-0708
      (31) 98445-2427

  4. Muito bom as informações prestadas, grato, é só colocar em prática e acredito que seja de grande valor, obrigado.

    • ESCOLA BRASIL DE SEGURANÇA (Autor)

      Boa tarde,

      Ficamos felizes em saber que contribuímos para seu desenvolvimento profissional!

      Estamos sempre a disposição para melhor atendê-lo!

  5. Quem ja foi afastado por depressao consegue arrumar emprego como vigilante?

    • ESCOLA BRASIL DE SEGURANÇA (Autor)

      Bom dia,

      Se você estar apto nos exames psicológicos e médicos você pode exercer a profissão sem problemas.

      Os critérios de processo seletivo variam de acordo com a empresa, posto e exigência dos clientes.

      Você deseja fazer o curso?
      Entre em contato conosco e tenha maiores informações!
      (31) 3201-0708
      (35) 98445-2427

      Estamos a disposição para melhor atendê-lo sempre!

  6. É normal uma empresa de transporte de valores demorar meses para concluir um processo seletivo mesmo q já tenha passado na primeira etapa ?

    • ESCOLA BRASIL DE SEGURANÇA (Autor)

      Bom dia,

      A forma como a empresa realiza o processo é particular, conforme sua política e cultura.

      Mas estamos a disposição para melhor atendê-lo sempre!

  7. Uiliman Caroca Ernani Clemente Da Silva

    Olá oportunidade de emprego na função de vigilante que podemos fazer para obter está função mas rápido do que o que está no diploma a validade de 2 anos.

    • ESCOLA BRASIL DE SEGURANÇA (Autor)

      Bom dia,

      Para você atuar como vigilante é necessário realizar o curso de formação de vigilante, e após realizado o curso você será registrado pela Polícia Federal para atuar na área. Mas devemos ficar atento a alguns prazos: Duração do curso mais rápido são de 20 dias, além do prazo de registro da Polícia Federal que é de 30 a 60 dias.

      A cada 2 anos você deve realizar a reciclagem do curso para ficar habilitado para atuação, pois a área da Segurança Privada é controlada pela Polícia Federal e segue os regulamentos da Portaria 3233/2012.

      Estamos a disposição para mais esclarecimentos.

      (31) 3201-0708
      (31) 98445-2427

  8. Olá!

    Eu tenho apenas o Curso de Extensão em Segurança Pessoal Privada. Como fui egresso das Forças Armadas, na época pude fazer esse curso e atuar na área da Segurança Pessoal sem ter de fazer o Curso de Vigilante. E trabalhei várioz anos como VSPP.
    Pergunto o seguinte: na minha situação, eu posso ser contratado para trabalhar como vigilante patrimonial, fazendo apenas a reciclagem de vigilante, ou preciso fazer o Curso de Formação de Vigilante?

    • ESCOLA BRASIL DE SEGURANÇA (Autor)

      Boa tarde,

      Para você atuar como vigilante será necessário realizar o Curso Básico de Formação de Vigilante.

      Estamos a disposição para mais esclarecimentos.

      (31) 3201-0708
      (31) 98445-2427

  9. Essa escola tem aulas de defesa pessoal também? Krav maga por exemplo?

    • ESCOLA BRASIL DE SEGURANÇA (Autor)

      Bom dia,

      Temos a disciplina de defesa pessoal, com foco nas atividades de vigilância com ou sem o uso de tonfa.

      Quer fazer o curso?

      Saiba mais:
      (31) 3201-0708
      (31) 98445-2427

  10. Jorge felipe teixeira rosa

    Muito bom eu gostaria de entrar nessa parte da vigilância como e que eu faso,aqui mesmo onde eu estou digitando eu faso o meu currículo boa noite e a primeira vez que vou fazer o curso pra vigilante

    • ESCOLA BRASIL DE SEGURANÇA (Autor)

      Bom dia,

      Para fazer o curso de Formação de Vigilante é necessário sem maior de 21 anos e ter a 4° série completa, além de algumas documentações pessoais.

      Mais informações:
      (31) 3201-0708
      (31) 98445-2427

  11. Jorge felipe teixeira rosa

    Eu gostaria de pela primeira vez fazer esse curso