Saiba o que fazer enquanto está desempregado

Ficar desempregado é uma das coisas mais desmotivadoras que existem, mas ficar pra baixo não leva ninguém a conseguir um trabalho. Enquanto não acha o bendito emprego, que tal erguer a cabeça e fazer coisas que lhe ajudarão a conquistar aquela oportunidade que você procura? Confira a seguir dez dicas sobre o que fazer enquanto esta desempregado!

1. Mantenha-se atualizado sobre o mercado de trabalho

Você não sabe muito bem o que anda acontecendo no seu campo de atuação? Isso é um mau sinal. Os seus concorrentes estão neste momento pesquisando sobre como se diferenciar ou chamar a atenção dos empregadores.

Corra e faça o mesmo o quanto antes! Busque diariamente informações sobre a situação da sua profissão. É uma área de trabalho promissora? Qual a faixa de remuneração nesta área? Que tipo de qualificação o mercado está exigindo?

2. Atualize regularmente o seu currículo

Não é bom enviar aquele currículo “coringa” para todas as empresas que aparecerem pela frente. Para não perder chances colocando informações inúteis para uma determinada vaga, adapte o seu currículo de acordo com cada serviço que você esteja interessado.

Você pode enriquecê-lo ao inserir mais competências. O que você pode conseguir com cursos, oficinas, seminários e palestras gratuitas, etc.

3. Seja o que o mercado espera: um profissional multitarefa

O mercado está em constante transformação, e os empregadores esperam que seus funcionários acompanhem este ritmo e se reinventem com frequência, ampliando os serviços que podem oferecer.

Acabou aquele tempo em que se especializar em um único conhecimento era o máximo. Hoje em dia, quanto mais conhecimentos e experiência você puder acumular, melhor.

4. Diga ao mundo que você precisa de um trabalho

Estar desempregado é motivo para se sentir envergonhado? Não mesmo! E quem não admite que precisa de um trabalho está mais longe de conseguir um do quem simplesmente pede ajuda e se comunica com a família, os amigos e os conhecidos sobre a sua necessidade, suas habilidades e seus interesses. Confie nas pessoas próximas a você!

Vai ao mercado? À igreja? Ao curso? Ao shopping? Aproveite para conversar com as pessoas, muitas delas poderão mostrar disposição para lhe ajudar a encontrar a desejada vaga de trabalho e conseguir disputá-la com sucesso.

5. Não fique parado, trabalhe, mesmo que voluntariamente

O trabalho voluntário é uma forma de manter as suas habilidades em dia e melhorar o currículo com novas experiências. Também pode ser uma chance de você ser visto e notado em plena atuação.

Quem sabe você não chama a atenção de algum possível empregador, ou ao menos conhece novas pessoas e consegue contatos profissionais para o futuro. O importante é nunca ficar parado.

6. Qualifique-se com cursos e se destaque no mercado

Com a crise econômica no Brasil, a quantidade de postos de trabalho diminuiu e a concorrência aumentou. Neste contexto, a qualificação profissional, por meio de cursos profissionalizantes (online ou presenciais), é um caminho rápido para um novo emprego ou uma nova carreira. Aproveite seu tempo livre para investir em conhecimento e aprender novas técnicas, qualificar suas habilidades e se prepara para o seu futuro ofício.

7. Cadastre-se em plataformas de emprego online

Ir às empresas de Recursos Humanos não basta. Hoje em dia muitos empregadores buscam a facilidade da internet para buscar novos funcionários. Portanto, aproveite essa oportunidade e faça o seu cadastro em plataformas de emprego online.

Normalmente, essas empresas possuem uma versão básica inicial para quem deseja apenas inserir seu cadastro e consultar oportunidades de trabalho. Você também pode tirar proveito da newsletter (serviço de envio de emails com as vagas), bem como pedir para receber mensagens de SMS quando houver vagas disponíveis.

8. Procure trabalhos de meio período

Não se limite a procurar trabalhos com horário regular, 40 horas semanais. Existem trabalhos de meio período que podem ser em turnos alternativos como a noite ou aos fins de semana.

Um exemplo é a profissão de vigilante. Esse emprego possui horários alternativos — como à noite e aos fins de semana — e o seu curso de formação tem carga horária de 200 horas e pode ser realizado em 20 dias em horário intensivo. É uma boa forma conseguir uma profissionalização em pouco tempo com baixo investimento!

Assim, você terá mais tempo para continuar se capacitando e procurando outros empregos e ainda assim terá um dinheirinho para suprir as necessidades até conseguir um emprego em horário comercial.

9. Saia da sua zona de conforto

É lógico que nos sentimos mais seguros ao fazer o que sempre fizemos. Porém, em uma situação preocupante como o desemprego, com muitos currículos enviados e sem nenhuma resposta, seria uma boa hora para saber mais sobre outras áreas de atuação que podem ser mais rentáveis no momento.

Não reduza as suas opções de busca, pergunte a si mesmo o que mais gostaria ou estaria disposto a fazer e pesquise sobre outras profissões. Você pode se surpreender.

10. Cultive a positividade

Acredite em si mesmo e creia que você irá conseguir um emprego em pouco tempo, isso é esperar por dias melhores. Não perca a esperança. Esta é somente uma fase e, em breve, você verá que estava certo em não deixar de acreditar em si mesmo.

Procure contar com o apoio da sua família ou amigos mais chegados. Desabafar é uma ótima forma de aliviar a ansiedade e as preocupações. Além disso, conversar com as pessoas também ajuda a organizar as ideias e despertar interesse para outras possibilidades.

Você chegou ao final dos dez conselhos para se manter produtivo enquanto procura por um emprego! Agora que você já sabe o que fazer enquanto esta desempregado, se sente pronto para aplicá-los no seu dia a dia e finalmente conseguir o seu objetivo de ter um trabalho para chamar de seu?

O que está esperando? Aproveite para conhecer alguns cursos que podem lhe ajudar a conquistar um emprego, curta nossa página no Facebook e saiba mais.

Sem Comentários